terça-feira, 3 de junho de 2008

Os Cuecas

Cuecas são os membros pertencentes à classe dos meninos que se interessam pelas nossas filhas e que, geralmente, estão infinitamente aquém do que imaginamos como minimamente adequado para elas. A escola costuma ser o primeiro reduto de “Cuecas” com o qual uma mãe tem que se confrontar.

Dia desses, fui a uma reunião na escola da minha filha e como cheguei um pouco adiantada, sentei em uma cadeira da recepção e fiquei observando os Cuecas que passavam. Ainda bem que Cuecas não lêem pensamentos, porque os meus eram os piores possíveis:

“Ei, menino, sua bermuda está caindo. Eu tô vendo sua cueca! Essa roupa é do seu irmão mais velho? E por que seu pai não te compra um cinto?”
“Você já ouviu falar em pente?”
“Isso no seu cabelo... sai?”
“Jura por Deus que você se olha no espelho antes de sair de casa e fala: tô bonito?”
“O que é esse rombo na sua orelha, pelamordedeus? E por que você enfiou a carretilha da máquina de costura da sua avó nele?”
“Sua mãe bem que podia comprar cadarços pra esses tênis, né?”

De repente, sem aviso, um deles passa por mim e cumprimenta:
_ E aê, tia?

Tia? Tia??!! E eu lá sou sua tia, Cueca? Eu nem tenho idade para ser sua tia! Eu não tenho sobrinhos do seu tamanho. Aliás, eu nem tenho sobrinhos, ainda mais assim, de gorro na cabeça, perna cabeluda e CUECA APARECENDO feito a sua! Deumelivreeguarde!

Em vez de responder, simplesmente ergui uma sobrancelha, com a simpatia típica da mãe de uma princesa que está sendo vilmente assediada por um Cueca.

À noite, em casa, perguntei:
_ Filha, por que eles são assim?
_ Ué, mamãe. Porque são.
_ Mas por que eles não são bonitinhos, perfumadinhos e penteadinhos?
_ Porque ia ser ridículo.
_ Mas o Felipe é bonitinho, perfumadinho e penteadinho e não é ridículo.
_ Mamãe, você não vê o Felipe desde a terceira série.
_ E...?
_ E ele mudou, mamãe. Mudou muito.
_ Mudou?
_ Ô.
_ Quer dizer que aquele menino bonitinho, perfumadinho e penteadinho...
_ Tá com o cabelo quase no meio das costas, usa piercing na sobrancelha e brinco de argola. Ah, e acho que não usa desodorante.
_ Pelamordedeus...

Uns dias depois, vi esse casalzinho na entrada da escola. Ele, uns 16. Ela, uns 14. Ele, recostado na mureta, cabelos úmidos precisando desesperadamente de um corte, pernas abertas, enlaçando a menina pela cintura. Ela, de cabelos compridos jogados para a frente e grandes brincos de argola, apoiada languidamente nele, ora consultando o estado do cabelo num espelho próximo, ora beijando o sapo, digo, o príncipe. Beijocas e mais beijocas; centenas delas. Lembrei na hora dos olhos horrorizados da minha mãe quando viu alguns dos meus namorados e da maldição: “Você me paga. Você vai ver!”. Tô pagando, mãe. Ô, se tô. Mas sua neta também me paga. Ela vai ver.

15 comentários:

Diane Lorde disse...

Só hoje conheci seu blog e digo que já sou fã!
Adorei a maneira divertida como escreve..rsrs
Não consigo controlar as risadas.
Bjão procê!

Filha disse...

Mã, vc tava falando da Rafa e do Lee (que é o Shiribum. Olha, eu te PROMETO, de todo o coração que, o meu vai ser bonitinho e perfumadinho, que nem vc achou que o Feliope ainda fosse.

Beijos

Te amo

Anônimo disse...

Shiribum!!!Não é o hamster?
Bjs. Rosana.

ANNA disse...

Ufa,
Acho que depois da declaração da ME vc pode ficar tranquila... pelomenos pelos próximos 2 meses...
Beijos
(urb)Anna

Virgínia disse...

Ainda bem que essa fase passa e eles voltam a ficar bonitinhos e cheirosinhos; senão a espécie humana iria desaparecer em questão de séculos. Só a meninada para aguentar os Cuecas nessa fase. Passado o encanto bobo da adolescencia tudo fica melhor! AINDA BEM! HEHEHEH

"a" MH disse...

Tá vendo? Sua filha continua tendo bom gosto e bom senso. Se bem que sei lá o que isso quer dizer... Mas duvido que ela, tão bonita e inteligente, vá aparecer com um namorado fedido e com cabelo nojento, daqueles que nem dá coragem de passar a mão. Eca.

tenha fé. E, na pior das hipóteses, um dia ela te paga...

Adauto disse...

Não sei se você ainda lembra, mas tenho três filhos. Quatro, seis e nove anos. Três "cuequinhas". Todas BEM DENTRO DAS CALÇAS, que é onde devem ficar. Ainda faltam alguns anos para a adolescência, mas não se preocupe pois, se depender de mim, farei o máximo possível para que eles não integrem essa tribo cuequística!

Aliás, cuidado com o Montanha, hein...

;)

Ana Téjo disse...

Diane,
Que bom! Apareça. Eu estou sempre por aqui.

Filha,
Tenho o pressentimento de que vou usar isso contra você em um futuro muito próximo.
E aprenda a contar o milagre, mas não o santo, menina!

Ana Téjo disse...

Rosana
Digamos que o hamster foi batizado assim "em homenagem" ao apelido de um Cueca.

Anna,
Será que a gente chega a tanto?

Ana Téjo disse...

Virgínia,
Não sei se é a idade, mas eu tenho a sensação de que quando eu era adolescente, eles eram menos horríveis. É. Definitivamente, deve ser a idade.

MH,
Vou começar a rezar desde já.
Já pensou a cena?
_ Mummy, esse é o Chico César, meu namorado. Afffff!

Ana Téjo disse...

Adauto,
Lembro sim, perfeitamente. Três principezinhos mestiços, certo?
Muito obrigada, de coração, pelo seu empenho em elevar o nível dos Cuecas. Conto com pais conscientes e atuantes como você.
Quando ao Montanha, estou só esperando ele completar oito anos pra dar um barbeador. E tem mais: se deixar o cabelo crescer, eu corto durante o sono! E tenho dito!

Mariza disse...

Tem jeito não Ana, eu tinha certeza que meu filho querido não ia fazer nada disso, que isso era coisa de mãe que não sabia educar os filhos..hahaha que nada!! passei pelas cuecas pra fora das calças, pelas calças jeans "de marca" cortadas pela barra (tão bem feitinhas) de qualquer jeito com a faca mesmo, os tenis sem cadarços etc...etc...Hoje ele tem 24 anos ainda usa contra minha vontade chinelo havaiana e bermuda a qualquer hora e lugar, mas já tá bom demais.Eu espero...Pelo menos serviu pra minha filha ter uma opinião formada(negativa) sobre os "cuecas" mas morro de medo dela ter uma recaída...

Luci disse...

nem me fale!
ME está muito sensata e espero que assim se mantenha!
e se nossas filhas fizerem 'apenas' o que nós fizemos, estará de bom tamanho, né não?! rs!!!
bj

yaralucas disse...

Hahaha, é que você já se esqueceu dos Cuecas da nossa época. Não era nada bonito também, me lembro bem (e me envergonho, como pode ter sido!!) mas vamos lá: camiseta pakalolo verde limão, calça de poperô (ou semi-bag) tênis rainha iate quadriculado. Alguns usavam Stiletto do Boticário, outros usavam Giovanna Baby. Visão dos infernos.

Em minha defesa digo que casei com um penteadinho, bonitinho e cheirosinho. A gente erra, mas não sempre, né?

Beijos procê! (e boa sorte!)

Amarilis disse...

KKKK. Sou mãe de um Cueca, mas ele só tem seis anos. Ainda tá penteadinho e cheirosinho, mas até quando será?