quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Ridículo, ele?...

Eu acho incrível... tem gente que nem brasileiro é, mas que também não desiste nunca.

Depois de abrilhantar as telas dos cinemas por mais de três décadas, o galã hollywoodiano Sylvester Stallone – aliás, bonito o nome, não? Cheio de consoantes... Y-L-V-S..._ volta com mais uma versão de Rambo. Siiiiim, torcida brasileira, depois dos anos e anos dando shows de interpretação só comparáveis em termos de talento às atuações de Steven Seagal; depois de estrelar aos quase sessenta anos mais uma versão de Rocky, o Lutador; depois de um monte de silicone no rosto, algumas plásticas e um tantão de Botox que potencializou ainda mais sua expressividade dramática, ele volta com mais um filme da série.

Pelo que consegui apurar, parece que passados 15 anos (só 15?), John Rambo vive com a família como pacato cidadão americano, pagando a hipoteca da casa e os big macs dos filhos com bicos eventuais feitos para o exército. Coisa pequena... uma matançazinha no Haiti, um atentadozinho no Iraque, servicinhos menores.

Um desses serviços faz o pobre e velho Rambo se mudar para o interior do país. Uma vez instalado, ele descobre situações de racismo e preconceito envolvendo índios Navajos e homens brancos e fica doido da vida. Depois de tirar as calças e pisar em cima, Rambo parte para a carnificina pura e simples, lutando feito um animal para resgatar a filha de 10 anos, que foi feita refém, sem deixar o fraldão geriátrico vazar. Imperdível.

Participações especiais de Virgínia Lane, Dercy Gonçalves, Tônia Carreiro, Elizabeth Taylor e Sophia Loren, no papel da filha de 10 anos. Trilha exclusiva interpretada por Ângela Maria e Eliana Pittman

Ah, o Syl vai receber 30 milhões de cachê pelo filme. Quer saber? Ridícula sou eu.

17 comentários:

Lala disse...

E eu! Campeãs da ridiculez!!!
Adorei o post, dear. Tava precisando dessa risada.

Cláudia disse...

Ana, deu até vontade de ver o filme só pra conferir a sua descrição do Syl.
beijo

Renata disse...

hahahahaha
muito bom! eu também fico indignada com essas coisas...
Imagine o quanto está demorando pra filmar as cenas? Antes, ele corria, agora deve se arrastar! rs. Fora as paradinhas pra tomar oxigênio, remédios pra artrose...rs

Bjos!

Anônimo disse...

Eu então!? Sem comentários.
Bjs
Val

vivi disse...

Hehehehehe...boa, Ana! bjs

MH disse...

Essa mania de revivals e sequências tardias está engraçada...
Do Duro de Matar 4.0 falaram bem, sei lá.
Mas o Stallone voltando como Rocky, depois como Rambo, é muito fim de carreira... haja paciência!

E titio Harrison Ford, que parece que vai mesmo voltar como Indiana Jones (que eu adorava)? Parece que o Sean Connery não topou participar...

Gastón disse...

Pois é, acabou mesmo. Fecharam o caixão da criatividade. Maquina Mortífera 4, Rocky 6, Rambo 4, Indiana Jones 4 (que está em produção e tenho certeza de que vão fazer uma porcaria que vai destruir toda a série)... até Titanic 2 tiveram a proeza de filmar. Sim amigos, Titanic 2. Passou até no SBT.

Ana disse...

Nós né Ana, nós...

Cláudia disse...

Titanic 2? Gente, como assim? O navio vai ressuscitar do fundo do oceano, agora com um ar malévolo por ter ficado tanto tempo submerso, é isso?
Olha, ainda não fui ver o Duro de Matar 4.0, mas já estou sabante de que o Bruce Willis tá TUDO neste filme!!!
beijo

Re disse...

Ridícula sou eu mesma.... 30 milhões? Aí meu deus!!!
E ainda vai ter gente indo ao cinema.... bjs Re

Ana Téjo disse...

Lala,
Que bom.
Continuo com saudade, viu? Sua risada, nem lembro mais como é!

Clau,
Veja, sim. Nem que seja pra dar risada. É capaz dele ter particpação na bilheteria também.

Ana Téjo disse...

Re,
E o andador ali, sempre no jeito, para eventualidades.
É... não deve ser fácil arrumar dublês de sessenta anos para substitui-lo nas cenas de ação. Deus me perdôe.

Val,
Nós, querida, nós.

Ana Téjo disse...

Vivi,
A gente chega lá.
Envelhecer com dignidade é uma arte.

MH,
Paciência é um acessório que eu vim sem.
Palmas para o Sean Connery. Dessa turma toda, ele é um bom exemplo de ator que soube tirar proveito da idade.

Ana Téjo disse...

Gastón,
Vou TER que alugar Titanic 2 só pra ver se dessa vez construíram o barco direito. Francamente...

Ana,
Acho que se somar todos os meus salários de toda a minha vida, desde o primeiro emprego, até a aposentadoria, eu não chego nem longe. Ridículo!

Ana Téjo disse...

Clau,
Eu gosto do Bruce Willis, mas acho que há limites, não? Tanto papel bom por aí... afff!

Re,
Pode apostar.

morg disse...

hahahaha eu sou tb, porque com um cachê desses o que é um king kong?

na-da


beijos moça querida

Ana Téjo disse...

Morg,
Por um décimo desse cachê, eu seguraria todas as metralhadoras e lança-chamas dele alegremente. Aliás, por um décimo desse cachê, acho que eu topava até "ser" uma metralhadora.