quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Discretíssimo

Trim, trim, triiiiim! 

_ Alô?
_ Mamãe? É o Montanha. 
_ Oi, meu filho. 
_ Eu tenho uma notícia espetacular! 
_ É mesmo? Diga... 
_ É que o meu dente caiu! 
_ Caiu, filho?! Sensacional! Owwwnnn, que bonitinho. A mamãe está tão emocionada... 
_ Por quê?
_ Porque o seu dente caiu; porque você tá crescendo; porque ainda ontem, você era um bebezinho banguela e agora está banguela de novo; porque a vida é um eterno recomeço; porque... 
_ Mamãe, esse negócio de Fada do Dente é pra valer ou é que nem Papai Noel, que nunca traz o que eu quero? 
_ Veja bem, meu filho: a Fada do Dente é uma mulher ocupadíssima. Ela passa a noite inteira colocando coisas embaixo do travesseiro de crianças que perderam dentes no mundo todo. 
_ Então, ela tem os dias livres... 
_ Tem, nada. É sempre noite em algum ponto da Terra, lembra? A Fada do Dente passa 24 horas por noite trabalhando. 365 noites por ano. É uma jornada desumana... ainda bem que ela não é humana. 
_ Uau! 
_ É. Uau mesmo. É por isso que você precisa pedir uma coisa que a Fada consiga viabilizar com alguma facilidade. 
_ Ela voa? 
_ Voa. 
_ Ela é forte? 
_ Acho que é. 
_ Então, que tal um vulcão? 
_ Hmmmm... eu não acho muito seguro a gente ter um vulcão no quarto, não é? 
_ Tá bom. E um dinossauro? 
_ Filho, tem que ser uma coisa que caiba embaixo do seu travesseiro!!! 
_ Um filhotinho, então. Um ovinho de dinossauro. 
_ Dinossauros estão extintos, filho, lembra? 
_ Ah, é. 
... 
_ Posso pedir a Lara Croft? 
_ Não. Primeiro, porque ela não cabe embaixo do seu travesseiro. Depois, porque ela está muito ocupada em casa, cuidando dos seis filhos dela e do Brad Pitt.
_ Já sei! Eu quero ir pro Nepal. Uma passagem pro Nepal cabe embaixo do meu travesseiro! 
_ Não vai rolar. 
_ Por quê???
_ Porque uma passagem para o Nepal custa muito caro e se a Fada do Dente te der uma, ela vai ficar sem dinheiro pra comprar os presentes de milhões de outras crianças no mundo todo. 
_ Pó de pirlimpimpim, então? É pequeno, cabe embaixo do travesseiro e aí eu posso voar e ir pro Nepal, pro Peru, pra onde eu quiser... 
_ Ah, filho, também não dá. Pó de pirlimpimpim não existe de verdade. 
_ Que droga... então, qual é a vantagem de perder o dente? 
_ Perder o dente significa que você está crescendo, que está ficando grande e que vai ganhar um dente forte e bonito, novinho em folha, pra você cuidar para o resto da vida. 
_ Quando? 
_ Daqui a pouco. Logo, logo, vai começar a crescer um dente novo nesse buraquinho.
_ Logo, logo, quando? 
_ Ah, meu amor, sei lá. Em umas duas semanas... 
_ E ele cresce de uma vez? 
_ Não. Você não vê os seus amigos na escola? Ele cresce bem devagar, leva um mês ou mais... 
_ Ai, meus Deus! Quer dizer que amanhã eu vou ter que ir pra escola sem dente? 
_ Vai, ué. E não é legal? Todo mundo vai. É bacana... 
_ Então, já sei o que eu vou pedir pra Fada do Dente. 
_ O que, filho?
_ Uma dentadura, pra disfarçar.

11 comentários:

dani andreucci disse...

Montanha, eu não sou a fada dos dentes e nem a Lara Croft, mas sou sua fã, serve?!?!?!?!

ANNA disse...

Por que os homens sempre querem aquilo que é mais difícil, heim?
Ainda bem que ele acabou chegando á um presente "útil" e barato!
Eu tb acho uma judiação as crianças terem que ficar com uma janelinha por tanto tempo. Uns encaram numa boa, mas eu bem me lembro que eu, quando criança, morria de vergonha, praticamente nem falava enquanto o dente não nascia!
Beijos
(urb)Anna

"a" MH disse...

pra variar, rolando de rir...

tuca disse...

eu ADORO as estórias do montanha! parabéns - pela maneira de escrever e pelo filho muito legal!

Adauto disse...

No jargão jurídico, toda vez que uma pessoa começa uma frase com "veja bem" é porque está prestes a enrolar alguém...

;)

(E, lá em casa, o nº 2 está prestes a ficar como o Chico Bento: só com UM dente bem no meio...)

Cassio disse...

O garoto esta de olho na Lara Croft?

Garoto tem bom gosto!

Joana disse...

Está lindo!!! Esses diálogos são demais!

Ana Téjo disse...

Dani,
Super serve!

Anna,
Homens são bichinhos engraçados, desde a mais tenra idade. Deve ser alguma coisa ligada ao cromossomo Y.
Morri de rir com o seu depoimento. Pois eu acho que nem ligava, apesar de ter sido a fase mais medonha da minha vida (e da da maioria das pessoas, né?)
Beijos,

Ana

Ana Téjo disse...

MH,
Eu também me divirto.

Tuca,
Obrigada. Eu também adoro.
E, creia-me, eu sou apenas a pessoa que transcreve. O mérito é todo dele.

Ana Téjo disse...

Adauto,
Xi! Tô frita! Sou a rainha do "veja bem".
Legal saber dos seus japinhas.Aliás, bom acompanhar o crescimento dos seus, como você tem acompanhado o dos meus, ainda que por aqui.

Cassio,
Está determinado.
Já falei que ela é velha demais pra ele, pra ele investir na Shiloh, mas não adiantou.

Ana Téjo disse...

Joana,
Obrigada.
Também adoro.
Me divirto.
Beijos,

Ana