sexta-feira, 14 de março de 2008

A ditadura da juventude (para mulheres)

_ E então? Tô bem?
_ Hmmmm... tá. Você andou perdendo peso?
_ Só uns quilinhos.

_ Desculpa perguntar... mas com quanto você está?

_ Trinta e oito, mas quero chegar aos trinta e cinco.
_ Anos?
_ Não. Quilos.

_ Quilos?! Você não acha demais?

_ Por quê? Você acha que com trinta e dois ficava melhor? Eu ainda quero ver se perco essa banha na barriga.
_ Banha?!
_ É. Olha só. Mas eu pareço uma adolescente, não é? Tem muita menina de vinte anos que não tem o meu corpo.
_ Graças a Deus.

_ E você notou que eu coloquei silicone?

_ Não brinca!
_ Juro. Duzentos e cinqüenta ml em cada seio. Não ficou natural?

_ Naturalíssimo. Se você não contar, ninguém nota.


5 comentários:

uinem. disse...

Nosssa senhora [:O]
meu deus!

L disse...

Ana - assim como o combover descrito dois posts atrás, na versão para homems deste mesmo título, você fica devendo os também infindáveis recursos das mulheres, usados da cabeça até os pés, e que elas igualmente acham que ninguém nota...rsss
Se precisar de ajuda, avise.
L

Ana Téjo disse...

Uinem,
Incrível, não?

L,
Minha lista de débitos está aumentando. Tô anotando, pode deixar.

Re disse...

hahahaha ótimo texto. Só não consigo acreditar que pessoas assim existam....
beijo

Ana Téjo disse...

Re,
Obrigada. Olha, é inacreditável, mas existem, sim.
Experimente ampliar a imagem que você vai ver.