segunda-feira, 28 de maio de 2007

...

Você cospe ou engole?

15 comentários:

MH disse...

xiiii... depende. alguns sapos são inevitáveis, temos que engolir. mas podem dar uma indigestão...

Ana disse...

Depende...ja engoli muitos, hoje não tenho tanta paciencia mais não...
Mas a vida é assim, infelizmente todo mundo engole alguns sapos...
Beijos, boa semana.

Aninha disse...

Engolir sapo = indigestão!
Toma um "Pantocal" depois, respira fundo... A gente bem sabe que mais dia menos dia, outro sapo aparecerá...
Mas a gente sobrevive a eles! Boa sorte!

vivi disse...

Não dá...
Tem horas que temos que engolir mesmo.
Mas acumula. Acumula na garganta...
Uma hora ou outra, vem tudo à tona...

Renata disse...

Aprendi a engolir. Porque tem sapo que se você cospe, volta direto pra cara. Mas quando tenho a oportunidade, engulo o sapo, espero um tempo, e depois cuspo de volta. Tendo um bom argumento, estando segura de que estou certa, cuspo mesmo.

Bjos.

mc disse...

Que tal se o sapo da sua garganta comesse as minhocas da sua cabeça??

Escrevi um post falando isso no começo do ano. Não seria uma boa solução???

Rodolfo Barreto disse...

Blog é bom por que podemos fazer a pergunta e mostrar uma foto. Se eu perguntasse isso para uma menina, provavelmente ganharia um tapa.

Ah, sim, respondendo: cuspo.

Re disse...

Engulo muitos..... no trabalho, então! No final do dia estou até satisfeita, acho que por isso que não janto. bjs

J@de disse...

Eu fecho a boca e deixo escorregar pelo lado... o sapo!! hehehehe!!
Beijos!!

Lala disse...

Como bo asmática, já aprendi que sapos engolidos param bem nos meus pulmões. Ando cuspindo, chèrie.

Beijo!

Gastón disse...

Cospe o sapo, pega o nome da pessoa, escreve num papel e costura na boca do sapo.

Segredos da Esfinge disse...

Nem uma coisa, nem outra.
Dou um BEIJO e deixo aparecer o príncipe.
Bjos

Cláudia disse...

tem os que ficam grudados na garganta, nem lá nem cá...

Mary disse...

Hum...depende muuito!!
Sou do tipo de não levar "sapos" pra casa...(os de "verdade" até levo...), mas tem situações que não dá mesmo, né???
Mas...aí vc arruma uma forma de "superar"...

Nana disse...

Hahaha! Adorei o comentário do Rodolfo!