sexta-feira, 25 de maio de 2007

Chão

Aí, um dia vem alguém e tira o seu.
Como é que fica?

13 comentários:

Me disse...

(thinkin' on you babe.... :-)
Things will always work out more than fine, rest assure. You deserve it, always!
Me

Ana Téjo disse...

You,
Surely hope so, although sometimes it looks like that God is playing tricks on me.

Andorinha... disse...

Então,
Normalmente, acalme-se, medite, durma e tenha a certeza, no seu coração, de que a vida nos traz momentos bons e ruins, em consonância com a natureza...
E chore, se quiser...
Muitos beijos,
V

Gastón disse...

Voa querida, voa.

Osc@r Luiz disse...

Uns tiram, outros põem...
O chão é matéria.
Matérias são átomos.
Átomos tem 1360 vezes mais espaço vazio que matéria.
Logo, é como se o chão já não existisse...
Então continue sua vida como se nada tivesse acontecido.
Quando menos esperar, estará pisando em outro chão, sem nem perceber.
Ponto.
Parágrafo.
Beijo!

Anônimo disse...

Coragem. Sucesso.
Bjs. Rosana.

Anna disse...

Respira, querida...
Respira pela barriga!
Torcendo aqui pra que tudo esteja/fique bem, muito bem!

Beijo grande
*Anna*

Cassio disse...

Vai passar....

Sempre passa...

Segredos da Esfinge disse...

Ana,
Quando nos tiram os chão é porque temos o poder de criar asas e voar.
Já pensou nisso?
Beijos

Ana Téjo disse...

Obrigada, pessoal.
São manifestações assim que justificam, valorizam e dão todo sentido aos blogs. Aos meus, pelo menos.

mc disse...

Aí você dá uma cambalhota no ar e já pousa preparada pra próxima...

Tipo assim uma coisa meio ninja.

Rodolfo Barreto disse...

Uma boa técnica para isso é se fingir de desenho animado: a pessoa tira o seu chão, você olha pra baixo, não assume que está sem o piso, assobia e vai andando para o lado até encontrar a ponta do precipício. Pode fazer que dá certo.

Ana Téjo disse...

MC e Rods,
Vou tentar. Se não funcionar, vocês me levam pro hospital, tá?